Mais de 500 animais são resgatados em dois dias

postado em: Sem categoria | 0

Na última terça-feira (08), as equipes da Fiscalização Preventiva Integrada do Rio São Francisco (FPI) realizaram a apreensão de 229 animais silvestres que estavam sendo mantidos, de maneira ilegal, em cativeiros no município de Japoatã. Além dos animais, uma arma de fogo e munições também foram apreendidas.

A Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) estava na ação, que tem a participação do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), Ibama e apoio das polícias Rodoviária Federal e Militar. À Adema, coube a missão de lavrar os autos de infração e auxiliar na análise dos animais resgatados.

“Percorremos alguns povoados e realizamos uma série de apreensões. As ações foram bem tranquilas e conseguimos executar os trabalhos de maneira positiva”, explica a bióloga Aline Borba.

De acordo com a bióloga, os animais receberam atendimento emergencial assim que foram apreendidos, sendo encaminhados para a base da fauna, localizada no município de Propriá. Lá, segundo Aline, eles passam por triagem de biólogos, veterinários e ornitólogos onde serão averiguadas as necessidades de cada animal recebido. A partir do resultado de cada exame, os animais poderão ser reintroduzidos à natureza ou redirecionados ao Centros de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Ibama.

“É importante ressaltar que, nos dois primeiros dias das ações da FPI, mais de 500 já foram apreendidos”, finaliza.