Adema segue recebendo chamados da população para o resgate de animais silvestres

Equipe de Resgate de Fauna capturou duas cobras e uma iguana, e encaminhou um gavião carcará para o Parque dos Falcões nesta terçafeira

As equipes da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) seguem atuando diariamente no resgate e encaminhamento de animais silvestres que, por qualquer motivo, são encontrados no ambiente urbano. Só na manhã desta terça-feira (08), a Adema atendeu três chamados para o resgate de animais: uma jiboia no bairro Farolândia e uma iguana no bairro Industrial – ambos em Aracaju; e uma cobra cipó em N. Sra. do Socorro. Todos foram devolvidos à natureza.

Também nesta manhã, a Adema encaminhou, para o Parque dos Falcões, o gavião carcará apreendido em N. Sra. do Socorro após o recebimento de denúncia. O animal foi avaliado no Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) da Adema e, considerado saudável, foi conduzido ao centro de rapinantes, que irá fazer outras avaliações. “Como ele ficou muitos anos em cativeiro, vamos avaliar sua condição de voo para definir se vai ser uma ave para soltura ou reprodução. Percílio vai fazer toda essa análise”, disse Eduardo Silva, voluntário no Parque dos Falcões que recepcionou o animal.

De acordo com a veterinária Letícia Albuquerque, técnica de Resgate de Fauna da Adema, as equipes estão disponíveis para atender o chamado da população para o resgate de animais silvestres, sejam eles mamíferos (sagui, saruê, bicho-preguiça, cachorro do mato, raposa, guaxinim, etc), aves ou répteis (jacaré, cobra, cágado, jabuti, etc). “É importante que a população não manuseie o animal de forma nenhuma. Isola ele em um local seguro e chama a nossa equipe, que a gente faz o resgate da forma adequada, analisa a condição de saúde do animal e providencia a destinação”, orienta.

São considerados animais silvestres aqueles que vivem na natureza por toda a sua vida, têm comportamento hostil ou arisco e dificuldade de desenvolvimento e reprodução em cativeiro. Quando tirados da natureza, eles podem transmitir ou contrair doenças de seres humanos e animais domésticos.

A equipe de resgate da Adema pode ser acionada pelo whatsapp (79) 99191-5535 de segunda a sexta-feira das 7h às 16h; e das 7h às 15h30 nos feriados e finais de semana. A equipe também está disponível para a entrega voluntária de animais exóticos e recebimento de denúncias sobre a criação ou comercialização ilegal de animais através dos canais (79) 3198-7160 e atendimento@adema.se.gov.br.

Fotos: Mariana Carvalho/Adema.



Última atualização: 8 de agosto de 2023 13:32.

Pular para o conteúdo