Atuação eficiente das mulheres amplia os resultados positivos da Adema

A dedicação, força e competência da mulher são notórias em diversas situações. Independente da área de atuação, o trabalho primoroso desenvolvido por cada uma delas, traz resultados positivos para as organizações, auxiliando, diretamente, no crescimento e  otimização dos serviços prestados. Na Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema), por exemplo, 83 profissionais atuam em diferentes setores, sendo responsáveis por grande parte das demandas existentes.

O público feminino representa 63.8% do quadro de funcionários. Para se ter uma ideia, de todos os setores que compõem a Autarquia, somente três não são coordenados por mulheres. O balanço dos últimos 12 meses, mostra um crescimento de mais de 30% nas ações do órgão e isso está diretamente relacionado a eficiência das servidoras.

A chefe de gabinete, Patrícia Sampaio, coordena uma equipe de sete pessoas que laboram na presidência da Adema, dando suporte a todo o órgão. Para ela, a função é, antes de tudo, um reconhecimento e valorização no tocante ao mercado de trabalho. “Cabe a Chefia de Gabinete realizar as ações voltadas à preparação, registro, publicação e expedição dos atos do Presidente e, ainda, o arquivo e banco de dados. Também atuamos como facilitadores do contato direto do Diretor-Presidente e demais Diretores com a sociedade, órgãos e entidades da administração pública. Mas isso tudo não seria possível sem a participação efetiva da minha equipe, composta pelos servidores Ingrid Mazze, Claudenice Gomes, Daiane Lobo, Debblin Sales,  Jonatan Santana e Letícia Meneses e Paula Ervilha. Pois, sem os quais, não conseguiria dar andamento a rotina de trabalho na Adema, além da primar pela otimização na qualidade do atendimento aos agentes interno e externo”, afirma.

“Nosso país, aos poucos, vem tendo algumas transformações no tocante à valorização da mulher. Esse crescimento resulta em ações positivas para todos os componentes da sociedade. Na Adema temos visto muito isso. As mulheres têm se destacado em todas as áreas, pois atuam com muito profissionalismo, empatia, sensibilidade e cooperação mútua”, complementa a chefe de recursos humanos, Gleicy Carvalho.

Representatividade

É na Procuradoria Jurídica, comandada pela advogada Samira Daud, que todos os processos judiciais do órgão são tratados. O trabalho, segundo ela, exige empenho e muita organização. “Temos uma demanda enorme de processos judiciais, administrativos e, também, requisições dos ministérios públicos Estadual e Federal. São sete procuradores, sendo quatro mulheres, uma assessora, uma secretária e três estagiários. Ao todo, seis mulheres desenvolvem funções variadas, no qual realizamos a defesa do Meio Ambiente e da Autarquia perante o poder judiciário e a sociedade como um todo. Nossa principal missão é zelar pelo cumprimento das decisões judiciais, autuando os infratores, fazendo cumprir a legislação dentro dos limites de competência do órgão, explica.

A Adema é um órgão fiscalizador e licenciador. Essas duas qualidades são tipo o coração da Autarquia. E, por assim ser, demanda um esforço e atenção de todo o quadro. Sobretudo, dos servidores ligados às gerências de Licenciamento e Fiscalização — que também são coordenados por mulheres. 

“Nós fazemos a análise de licenciamento de todas as atividades potencialmente poluidoras nas áreas de construção e produção. É um grande desafio, pois exige muito estudo e dedicação por parte de todos. Mas, acima de qualquer coisa, é um trabalho apaixonante”, resume a coordenadora de Ciências Técnicas da Construção e Produção, Janine Menezes.

Já a coordenadora de Ciências e Técnicas Agrárias e Naturais,  Ana Consuelo Fontenele, acredita que os bons resultados que a Adema vem tendo ultimamente, têm relação direta com a presença de mulheres em todos os setores. “Nossa atuação aqui mostra uma representatividade muito forte do mundo feminino nos espaços de poder, de direção. É importante que todas as mulheres ocupem esses espaços e, graças a Deus, aqui na Adema temos essa oportunidade. A presença e competência feminina é muito grande e nós, como maioria, somos responsáveis pelas principais ações. E os resultados comprovam o empenho de todas as nossas colaboradoras”, pontua.

Reconhecimento

Ter um número significativo de mulheres atuando na Administração faz toda a diferença. Para o diretor-presidente, Francisco de Assis Dantas, por exemplo, a atuação de cada uma delas reforça a credibilidade e magnitude de todas as ações executadas. “Há uma enorme satisfação de poder contar com mais de 60% de nosso quadro composto por mulheres. Todas as nossas coordenadorias são dirigidas por mulheres, pois entendemos que elas são indispensáveis na operacionalização dos serviços desenvolvidos pela Autarquia. Elas são símbolo de competência e liderança”, revela.

O diretor presidente também ressalta o compromisso com a equidade de gêneros e reforça seu total repúdio às práticas abusivas. “Parabenizo às mulheres pelo dia de hoje e reafirmo que temos o absoluto entendimento sobre a igualdade de direitos e entendemos que a luta deve continuar. Por isso, agradeço o empenho de todas as nossas colaboradoras e reforço a meu irrestrito repúdio aos casos de assédios sexual e moral que ainda ocorrem em nossa sociedade. A luta e compromisso com a igualdade, fraternidade, respeito e solidariedade deve ser permanente. E sem distinção”, finaliza.

 

Última atualização: 1 de novembro de 2018 07:20.

Pular para o conteúdo