Equipes de fauna da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) realizaram a soltura de aves em área de reserva ambiental. Boa parte dos pássaros que estavam sob responsabilidade do órgão ambiental foram alvos de resgates pelos profissionais e passaram por reabilitação e cuidados no Centro de Tratamento de Animais Silvestres (Cetas), localizado no Parque da Cidade, na Zona Norte de Aracaju.

Foram devolvidas à natureza, 24 aves de nove espécies, sendo elas, um sanhaço (Thraupis), um Estevão (Saltator maximus), um frango d’água (gallinula chloropus), dois sabiás (Turdidae), dois papa-capins (Sporophila nigricollis),  três canários da terra (Sicalis flaveola), quatro viuvinhas (Vidua macroura), quatro Jesus meu Deus (Zonotrichia capensis) e seis cardeais-do- Nordeste (Paroaria dominicana), também conhecido como cabeça.

Coruja Suindara

Os profissionais do órgão ambiental foram acionados para resgatar dois filhotes de corujas  suindara (Tyto furcata) que aparentemente caíram de um ninho de uma árvore próximo a uma residência no bairro Santos Dumont, Zona Norte da capital.

Ao chegarem no local da solicitação, a equipe constatou que o referido ninho ficava a uma altura que tornava-se inviável a sua recolocação. Após a avaliação, percebeu-se que ambos estavam ativos, responsivos e saudáveis, tendo sido encaminhados para o Cetas a fim de serem acompanhados durante seu desenvolvimento.

Papagaios-verdadeiro

Profissionais da Adema receberam a solicitação para recolherem dois papagaios-verdadeiro (Amazona aestiva) em uma residência no bairro 13 de julho, Zona Sul de Aracaju. Ao chegarem no local, a equipe foi informada pela solicitante que as aves moravam com a família há cerca de 15 anos, mas, por estarem de mudança, não teria como levá-los.Os pássaros foram recolhidos e encaminhados para o Cetas, onde serão avaliados, monitorados e receberem os devidos cuidados.

Última atualização: 25 de março de 2022, 09:07 AM