Nas próximas semanas, a Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) reabrirá o Laboratório de Análises Químicas e Microbiológicas após um período de reforma. O local, que é responsável pela avaliação da qualidade das águas, ar e fiscaliza o despejo de corpos hídricos e efluentes, passou por uma readequação estrutural e técnica e, agora, voltará a atender todas as demandas desta natureza no estado.

A reforma contempla a reestruturação do espaço físico e instalação de novos equipamentos de refrigeração, além de adequação nos compartimentos onde serão feitas as análises dos materiais coletados.

Localizado no espaço anexo à Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), na região do Distrito Industrial de Aracaju (DIA), o laboratório é responsável pelo monitoramento da qualidade do ar, através de uma estação fixa, objetivando quantificar partículas totais em suspensão da atmosfera (PTS); partículas inaláveis (MP10); e SO² (dióxido de enxofre e fumaça).

O local funcionará, ainda, como espaço de monitoramento das praias sergipanas, atuando na inspeção da qualidade das águas e qualificando quais pontos estão com níveis de balneabilidade aceitáveis. É de sua responsabilidade, também, a avaliação e controle dos corpos hídricos e efluentes (esgotos) lançados pelos empreendimentos licenciados pela Adema.

Todas as atividades desenvolvidas pelo laboratório visam atender as exigências da legislação ambiental, conforme estabelecido pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA).

Última atualização: 1 de novembro de 2018, 07:20 AM