Pavão Verde


ORDEM: Galliformes

FAMILIA : Phasianidae

ESPECIE: P. muticus

NOME CIENTÍFICO:  Pavo muticus.

DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA: Ave rara originária da Indonésia, encontrada também em Miamar, Tailândia, Camboja e Malásia e Brasil.

HABITAT: O pavão prefere viver em árvores. À tarde, sobe numa árvore, de galho em galho, até chegar ao topo, onde passa a noite. Desce ao amanhecer. Se ameaçado, foge. Só voa depois de correr por uma certa distância. Seu vôo é ruidoso e desajeitado.

Habitos: Diurno e Noturno.

HABITOS ALIMENTÁRES: É onívoro e se alimenta principalmente de sementes, frutas, insetos, répteis e algumas hortaliças.

REPRODUÇÃO: Maturidade sexual do pavão verde: 3 anos Período de acasalamentode janeiro a outubro (no Hemisfério norte) Aqui no Brasil a época de procriação vai de setembro a janeiro, quando a fêmea põe, em média, 23 ovos, que eclodem após 28 a 30 dias.

LONGEVIDADE, TAMANHO E PESO: 25- 30 anos  Comprimento: até 2,15 m, incluindo 60 cm de cauda, Peso do macho: 3.900 grs peso da fêmea: 3.300 grs Peso do ovo: 103 grs 

COMPORTAMENTO: O pavão, de um modo geral, é uma ave muito dócil, facilmente adaptável e que pode viver, segundo relatos, até cinqüenta anos. Afeiçoa-se ao seu tratador, e, por isso, pode ser mantido solto

CURIOSIDADES:  Os machos, na época de acasalamento, demarcam seu território através de brigas onde usam as fortes asas e a espora, mas é raro ver uma disputa sangrenta. Normalmente, pode-se criar pavões em viveiros coletivos, misturando-se vários machos às fêmeas. Um macho pode cobrir até 3 fêmeas. Quantidade maior que essa não é recomendada, pois pode diminuir a porcentagem de nascimentos. Macho (pavão): pescoço azul, com longas penas na cauda, Fêmea (pavoa): pescoço com um tom verde, com resto das penas cinza. 

Aqui no Brasil a época de procriação vai de setembro a janeiro, quando a fêmea põe, em média, 23 ovos, que eclodem após 28 a 30 dias.

Última atualização: 18 de dezembro de 2020, 12:57 PM