Zoológico do Parque da Cidade entra em reforma e ficará fechado para visitação

Recuperação das estruturas que abrigam os animais deve ser concluída até 30 de maio. Demais espaços do Parque da Cidade continuarão funcionando normalmente

A fim de trazer melhorias às estruturas que abrigam os animais, o Zoológico do Parque da Cidade, gerido pela Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema), entra em período de reforma e ficará fechado para visitação até o dia 30 de maio. O espaço irá passar pela recuperação de 22 recintos que serão adequados para melhor acolher a população de mais de 260 animais que habitam o local, entre aves, mamíferos e répteis.

A reforma do zoológico faz parte do Plano de Aplicações para os Recursos Oriundos da Compensação Ambiental, um acordo entre o Governo de Sergipe e a empresa Eneva, que visa restaurar os espaços do Parque Governador José Rollemberg Leite, conhecido como Parque da Cidade. A primeira etapa do projeto começou em 2023, com a readequação da infraestrutura do Centro de Tratamento de Animais Silvestres (Cetas), que está prestes a ser concluída. O espaço é responsável pela reabilitação tanto dos animais que moram no zoológico quanto dos que chegam através do serviço de Resgate da Adema.

De acordo com o gerente do Parque da Cidade, Erinaldo Santos, os reparos são importantes para que o zoológico continue sendo um dos cartões postais da cidade de Aracaju. “O Parque da Cidade irá completar 45 anos de existência no dia 17 de março e oferece espaços atrativos para diferentes públicos. Somente o zoológico ficará fechado para a visitação durante a reforma; os demais espaços continuarão funcionando normalmente”, detalha Erinaldo.

Cerca de cinco mil pessoas passam pelo Parque da Cidade todos os meses. Além do zoológico, que abriga animais que não podem ser reintroduzidos na natureza e recepciona projetos de educação ambiental com estudantes, o espaço público tem outros atrativos, como a imagem de Nossa Senhora da Conceição e o Teleférico que, do alto, revela a beleza da Área de Preservação Ambiental (APA) Morro do Urubu, da qual faz parte. Gerida pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente, Sustentabilidade e Mudanças Climáticas (Semac), a APA corresponde ao único fragmento urbano remanescente de Mata Atlântica em Aracaju, preservando espécies da flora e da fauna ameaçadas de extinção.

O Parque da Cidade funciona de domingo a domingo, das 6h às 18h, e o teleférico, das 9h30 às 17h.

Última atualização: 13 de março de 2024 10:02.

Pular para o conteúdo